quarta-feira, 4 de janeiro de 2012

O enganar do nada

Lucas Vinicius

Em nos nasce o talento
O talento que todos os homens nascem
O talento de enganar,
Nos mesmos

Que somos convencidos
Por aqueles, que nos rodeiam
E que, nossos olhos,
nos enganamos A enxerga-los
Pois o pó
Lançaram-nos  em nossos olhos
Por enxergamos o pó
Achamos que enxergamos tudo
Mais não enxergamos nada

O nada que nos rodeiam
E que achamos tão valioso
Mais não sabemos que o nada
Nunca sairá do nada

Esse nada, que nos compramos
Damos tanto valor, que achamos
Superiores, por  temos o nada
Mais o nada, a nada importa.
Mais para aqueles
Que nos rodeiam
A tudo importa.




9 comentários:

  1. http://paraneura.blogspot.com/ meu blog, amei o seu espero q viste o meu! abraços estou a te seguir

    ResponderExcluir
  2. Belo texto e reflexão, "Mais o nada a nada importa", Ja to seguindo seu blog cara !

    Abraço

    ResponderExcluir
  3. Lucas Vinicius, obrigado pela tua presença.
    Teu blog também é interessante e gostei da maneira como você verseja.
    Um abraço fraterno. Seja bem-vindo.

    ResponderExcluir
  4. Oi Lucas, obrigada pela sua visita e comentário tão gentil. Fico muito grata.
    Gostei muito do seu blog, seu poema é muito bonito, inteligente e muito interessante. Gostei muito. Parabéns!
    Estou te seguindo com muito gosto. Espero vê-lo no meu blog também e por muitas vezes. Seja bem-vindo!
    Um beijo XD

    ResponderExcluir
  5. Olá bom dia, vim retribuir a visita em meu blog, aproveito para convidar vc a seguir o meu blog será bem vindo por lá, muito legal o seu blog também,um bom fim de semana abraço.

    ResponderExcluir
  6. O negócio é trocar por outro engano, a vida é assim uma rua reta, depois um buraco - enganar-se todo mundo vai!

    ResponderExcluir
  7. Olá, primeiro obrigado pela visita e pelo comentário.
    Texto muito bom. "Mais o nada, a nada importa." a grande verdade.
    Vou seguir :)

    ResponderExcluir
  8. Parabéns pelo poema. Continue escrevendo que sempre estarei dando uma olhada.
    Um grande abraço!
    :)

    contospromissores.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir